sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Além do Planeta Silencioso

          
aventura, C.S. Lewis, ficção cientifica, ficção espacial, livros, trilogia cósmica, além do planeta silecioso

             Olá para todos!
            Muito famosa  é a obra “As crônicas de Narnia”, com seus 7 livros varias vezes republicados, com um jetio próprio de lidar com um mundo de fantasia infanto-juvenil, ainda mais com seus filmes recente e o início da produção do quarto filme da série , “A cadeira de prata” ( http://omelete.uol.com.br/cinema/cronicas-de-narnia-cadeira-de-prata-sera-o-proximo-filme-da-fraquia/ ), mas aqui falarei do outra produção de C.S Lewis, pouco conhecida e que compõe um triologia de ficcção científica para um publico mais maduro., inciando pelo livro “Além do planeta silencioso”.
            Neste livro o protagonista é um filólogo (especialista em linguagens) levado para um planeta alienígena, sendo o personagem uma homenagem ao também filólogo e melhor amigo de Lewis, o escritor J. R R. Tolkien! Sim, o escritor de Senhor dos Anéis!
            A descrição da viagem pelo espaço assim como da introdução ao planeta estranho é simplesmente formidável, com toda a adapatação dos 5 sentidos ao novo ambiente, dúvidas básicas  ( o que é comestível? O ar de tal lugar é respirável? Até o que é rocha e o que é orgânico naquele mundo?) , culminando no contato com 4 raças alienígenas distintas.
            Cada espécie com corpo e tipos psicológicos próprios, que, muito mais humanóides do que humanas, física e mentalmente, cada uma com uma filosofia e estilo de vida distintos, que no início parecem conflituosos entre si, mas que mostram uma complementaridade incrível com o a quarta raça. E Lewis usa isso para demonstrar reflexões e posicionamentos filosóficos profundos diferentes, tanto os conflitos aparentes entre essas filosofias quanto sua real complementaridade.
            Os horssa, seroni e pfifltriggi, lembrando os Hobitts, elfos e anões, respectivamente, mas com traços muito mais distintos tanto entre si quanto dos humanos. Seria os mesmo que comparar, em Star Trek, os vulcanos com os elfos e o os Klingons com os orks .Comentar a quarta especie é quebrar uma das principais surpresas do livro, mas digamos apenas seus integrantes não são feitos da mesma matéria que forma o planeta Terra e o mundo de Malacandra.
            Além disso, temos toda a história do planeta, com suas civilizações anteriores e a evolução das atuais, revelada ao longo da história, assim como uma ligação milenar com a própria Terra.
            Se você que um livro que te emerge e que faz faz você pensar sobre diversos posicionamentos de filosofia de vida, voe eté o planeta Malacandra em “Além do planeta silencioso”, cujo nome terráqueo  é revelado no final.  Para ver mais informações sobre o livro, clique aqui.
   Foto: copyright ComputerHotline http://17624.openphoto.net