terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Jane Eyre


Charlotte Bronte, crepúsculo, era vitoriana, gótico, Romance, Jane Eyre

Hoje temos uma convidada muito especial!
A escritora do blog  Contos da Cami e analista de fan pages em  Analisando Fanpages  falará sobre o livo que é a origem das histórias românticas góticas e uma das inpirações oficiais de Crepúsculo. Com você, a resenha de Camila Bomfim sobre Jane Eyre :


Uma mocinha sofredora, um homem atormentado, um mistério e uma história de amor. Promissor, não?
Jane Eyre tem uma história envolvente e uma heroína forte. A personagem-título inicia suas desventuras ainda criança, adotada por uma mulher que a detesta e decide livrar-se dela mandando-a para um colégio interno para moças pobres. Lá, Jane passa fome, frio e enfrenta uma peste (e as pestes das preceptoras).
Já crescida, Miss Eyre torna-se governanta da filha de Mr. Rochester, um homem de mente atormentada por um terrível segredo (~risada maligna~), dono de uma mansão que alguns acreditam ser mal-assombrada.
Apesar de tudo, Jane e Rochester veem o quanto entendem um ao outro. Afinal, os dois já se ferraram muito nessa vida. Daí surge o amor e... o resto eu não vou contar! Mas muita água (e muitas lágrimas) ainda vai passar, e a força de Jane vai ser posta à prova muitas vezes.

O livro é uma aventura romântica, portanto (e das muito boas!). Ficou com vontade de ler?


Foto: http://www.livrariasaraiva.com.br/produto/3454322/jane-eyre

Comentem, curtam e compartilhem!