domingo, 2 de março de 2014

Universo Valiant

Blooshot, editora HQM, Harbinger, histórias em quadrinhos, HQmaniacs, mutantes, super-heróis, Universo Valiant,

        Olá meus amigos!
        Mais uma vez falaremos sobre quadrinhos, mas desta vez sairemos do tradicional circuito de  Vingadores  (http://letraseaventura.blogspot.com.br/2014/01/vinagadores.html  )   e   Liga da Justiça ( http://letraseaventura.blogspot.com.br/2014/01/liga-da-justica.html  ) , mais ainda, da rivalidade DC e Marvel, para entrarmo em um novo universo, o “Universo Valiant”.
          Apesar de algumas histórias de qualidade que vem saindo das editoras tradicionais, eu me via um pouco mergulhado em “mais do mesmo”.  Pela décima vez recontada a origem do Superman e seus aliados, nos X-Men idem e pouca coisa nova ou intrigante no restante, então resolvi entra no meu modo “caçador de coisas da hora”, pra comprar algo de super-heróis que fugisse tanto em estrutura quanto em personagens e estilo gráfico dos herói presentes. De um lado achei as revistas de “Liga da Justiça –Sem Limites”, inspirada no seriado da TV, onde cada história tem um herói protagonista diferente da trindade Batman-Superman-Mulher-Maravilha.
           Do outro lado, achei a “Universo Valiant”, com as série Harbinger e Bloodshoot, que me fisgaram como fã de X-men que sou, cansado da repetição de roteiros.

                BloodShoot:  O Projeto Secreto Espíritos Ascendente funciona como uma mistura de SHIELD com Projeto Arma-X, criando super soldados ciborgs para caçar super-humanos e defender o mundo de terroristas. Um desses ciborgs finalmente começa a se livrar de sua programação , perceber como todo seu passado foi destruído pela organização e agora tem dois grandes adversários. Primeiramente o Projeto, dentro do qual se infiltra para descobrir seu real passado, e os mutantes, chamados de harbingers, que o vêem como o maior assassino de super-humanos que o mundo já viu! Nosso herói, que poderia ter virado apenas um clone do Wolverine ou um Rambo biônico, é muito mais que isso. É como se um dos super-heróis tradicionais dos anos noventa, brutamontes cheio de super-poderes  que faziam o serviço sujo do governo, acordasse para a realidade e percebesse ”Que matança desenfreada é essa? O que fizeram com o meu cérebro para que eu achasse que estava sendo um herói quando na verdade eu era um assassino”? E assim começa a saga de redenção e auto-descoberta de Bloodshot.

Blooshot, editora HQM, Harbinger, histórias em quadrinhos, HQmaniacs, mutantes, super-heróis, Universo Valiant,

                Harbinger: Sim! Os mutantes que Bloodshot caçava também tem seu lado na revista! Mas a “Mansão X” e o “professor X” desse mundo não são bonzinhos! Uma mega corporação recruta e treina os mutantes  pelo mundo inteiro em oposição ao Projeto espíritos Ascendentes. Liderada pelo mega-empresário benificiente Toyo Harada ( ele lembra muito o o vilão Tohey que descrevi em http://letraseaventura.blogspot.com.br/2014/02/a-nascente.html ) , planeja o controle global dos poderes psíquicos com sua ultra-secreta Fundação Harbinger .  Então temos a equipe dos Renegados que se opõe a Fundação composta por Peter Stanchek, o psiônico capaz de despertar poderes latentes em pessoas que o tenham, sua ex-namorada Kris Hathaway , humana, verdadeira líder do grupo e furiosa por descobrir que só era namorada do mutante porque este fizera lavagem cerebral nela, e a primeira super-heroína do mundo Zaphir! Juntos, presos na guerra entre o Projeto e a Fundação, despertam os poderes nos mutantes ao redor do globo para não serem escravizados por nenhuma das super-corporações.

                Claro que futuramente as duas séries vão se cruzar, o que não tem problema algum já que tudo é publicado numa única revista mensal! Foi uma ótima ideia da editora HQM trazer essa linha de heróis para o Brasil! A editora HQM surgiu anos atrás como uma cooperativa de fâs de quadrinhos que se uniu primeiro para montar um ótimo site de notícias (http://www.hqmaniacs.com/principal.asp )  e depois uma editora para publicar o material menos famosos, mas de alta qualidade que tivesse no exterior. Foram eles o responsável pela publicação de Walking Dead no Brasil anos antes de virar seriado de TV, assim como outros encadernados de menor tiragem mas com bom acabamento  gráfico.

                Se você curte super-heróis e, melhor ainda, X-men e quer algo cheio de suspense de aventura, aqui tá um prato cheio!

Fotos: http://www.hqmaniacs.com/principal.asp